dire

dire

domingo, 13 de janeiro de 2013

CRIADOR E CRIATURA



LUIZ MARTINS DA SILVA

Quis o Altíssimo,
Na sua  infinita Aquarela,
Não a criatura pronta,
Mas a parceria.

Fomos assim feitos,
Simbólica trama;
Metade sonho,
Metade partitura.

Querendo o Elevado refletir-se,
Semeou Narcisos pelo mundo.

Vez por outra, sai do jogo
Para ir à colheita.