dire

dire

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

ROSÂNGELA ATAIDE



O TEMPO

sou de mar

feito nostalgia,

deságuo em marés

minha melancolia.

aplumo

nas asas do tempo

a liberdade que me guia.



sou de vento

e ao léu estou à tempo

no caminho

numa canoa

que se lança

ao mundo neste espaço

marinho

vôo longe

onde há fleuma

e alegria

Um comentário:

Rosangela disse...

Ah, Lú... Amei isto, obg de coração. Vc sempre dando força, bacana prima. Bj e muita Paz!